Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ninguem como tu, por HF

bla..bla...e mais alguns...blas

ninguem como tu, por HF

bla..bla...e mais alguns...blas

Olhares

Há muito tempo que não andava de metro,é surreal o mundo,as vidas que percorrem aquelas linhas cruzadas tal qual as vidas dessas mesmas pessoas que se acotovelam,sempre a correr,parece andarem atrasadas para viverem,parece que o tempo lhes foge.

A descer as escadas deparei-me com um olhar que me prendeu,no meio de tanta gente,estava ali um homem triste deitado no chão,sózinho!Fiquei a olhar para aqueles velhos olhos,olhos estragados e sem presa de viver,uma história que se cruza todos os dias com histórias de sucesso,foi por breves instantes que trocamos o olhar e por breves momentos quis ir ao encontro desse olhar...mas como toda a gente que ali passa,tinha presa porque o metro tinha acabado de chegar.Incomodado segui viagem,e pensei como um simples olhar nos marca,como um simples olhar de um desconhecido nos faz crescer,é uma pintura da vida real que todos os dias,ali está sem ninguem lhe dar o devido valor.    

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.